Loading...

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

ATX-BA - FELIZ ANO NOVO PARA TODOS



QUE NO ANO DE 2016 TODOS POSSAM TER UMA SEGUNDA CHANCE...



video


                                                            MÁRCIA CHAVES
                                                                    ATX-BA




:

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

ATX-BA: TRANSPLANTADOS DA BAHIA SEM AZATIOPRINA POR TRINTA DIAS E CICLOSCOPORINA DE 25 MG

A SESAB INFORMA QUE OS TRANSPLANTADOS SÓ TERÃO A AZATIOPRINA NA PRÓXIMA SEMANA, SÃO  40 DIAS SEM A MEDICAÇÃO E A CICLOSPORINA DE 25 MG FALTA DESDE O DIA 04/12/15. ATÉ QUANDO ESTES PACIENTES AGUENTARÃO???






http://g1.globo.com/bahia/batv/videos/t/edicoes/v/pacientes-transplantados-sofrem-com-falta-de-remedios-entregues-pelo-sus/4665604/

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

PEDIDOS DOS TRANSPLANTADOS DA BAHIA PARA O NATAL- MEDICAMENTOS IMUNOSSUPRESSORES PRA SEMPRE.

Com a continua falta de medicamentos imunossupressores estamos divulgando algumas declarações de pacientes transplantados que precisam destes medicamentos para evitar a rejeição do órgãos transplantados e continuar a VIVER. 

Além de transplantados de fígado que precisam do URSACOL de 150 MG que age como coadjuvante para evitar a rejeição do fígado.

Hoje 03.12.2015 fazem trinta dias que falta azatioprina 50 MG para os transplantados que pegam esta medicação na farmácia do Hospital Ana Nery. Vários pacientes que vêm de lugares do interior com mais de 800 Km de distância voltam sem o medicamento que evita a rejeição do órgão transplantado.





quinta-feira, 19 de novembro de 2015

ATX-BA- IINFORMANDO: 10º CONGRESSO DE HIV/AIDS E 3º CONGRESSO DE HEPATITES VIRAIS

Congresso internacional de HIV/Aids e Hepatites Virais realiza debate sobre juventude e Aids

19/11/2015 | 10h07min


Entre as atividades de 10º Congresso de HIV/Aids e 3º Congresso de Hepatites Virais, foi realizado, nessa quarta-feira (18), o debate: “Aids, doença e morte no passado e a visão da juventude nos dias atuais”. A atividade teve a participação do médico, educador, palestrante, escritor e apresentador de televisão Jairo Bouer.
Durante o bate-papo, Jairo lembrou a importância do preparo de profissionais e unidades de saúde para acolherem os jovens. “Quando trabalhamos com adolescentes, a gente percebe a dificuldade que eles têm para acessar as unidades de saúde. É difícil conseguir, por exemplo, que um jovem menino que faz sexo com outros meninos procure uma unidade de saúde, fale sobre sua sexualidade para saber sobre prevenção e fazer testes, ter o diagnóstico e, eventualmente, ter acesso à medicação. Existe a necessidade do serviço de saúde estar preparado para lidar com aquele jovem. O profissional e o serviço de saúde devem acolher, dar espaço e preservar a privacidade desse jovem paciente”, avaliou.

Jairo Bouer falou ainda sobre a importância do 10º Congresso de HIV/Aids e 3º Congresso de Hepatites Virais. “Acho o evento importante, é um congresso muito consolidado. Discutir essas questões de DST/Aids é sempre fundamental, pois aqui abordamos várias possibilidades. A gente fala de ciência, medicina, de movimento social, articulações, poder público. Agradeço por essa cidade linda realizar e acolher essa discussão”, concluiu.

Os Congressos - O 10º Congresso de HIV/AIDS e 3º Congresso de Hepatites Virais, organizados pelo Ministério da Saúde, em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, seguem simultaneamente até esta sexta-feira (20), no Centro de Convenções de João Pessoa.
Os congressos visam mostrar novas tecnologias, pesquisas, medicamentos e boas práticas na prevenção e na resposta ao HIV/Aids e às Hepatites Virais. “É uma excelente oportunidade de troca de experiências entre profissionais e estudantes das áreas de saúde e educação, além da participação da população. Vários órgãos do Governo do Estado firmaram parceria com o evento”, afirmou a coordenadora estadual de DST/Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), Ivoneide Lucena.
É a primeira vez que a Paraíba sedia os eventos e eles contam com a participação de mais de quatro mil pessoas do Brasil e de todo o mundo, entre trabalhadores da saúde, professores universitários e estudantes de pós-graduação.
Programação - Nesta quinta-feira (19), serão apresentadas experiências no cuidado com hepatites virais em populações remanescentes de quilombos; em indígenas; em população privada de liberdade; tratamento da hepatite B; saúde sexual e reprodutiva em pessoas vivendo com HIV/Aids; olhares da juventude: protagonismo juvenil; protagonismo trans, processo transexualizador e atenção em HIV/Aids; visitação de posters; novos desafios em hepatite C; testes rápidos: da capacitação à realização e lançamento do livro “A Síndrome: Histórias de luta contra a Aids em 30 anos” e um bate-papo sobre o viver com HIV/Aids, ontem, hoje e amanhã.
Na sexta (20), às 8h, continuam as apresentações das experiências e práticas bem-sucedidas no Brasil, a exemplo, de testagem do HIV para homens que fazem sexo com homens; políticas públicas intersetoriais e contribuições para boas práticas na prevenção; população trans e o acesso ao cuidado; eliminação da hepatite C como problema de saúde pública; transplante hepático; “Educação, prevenção e redes sociais combinam?”; Saúde da Mulher Lésbica e Bissexual no Brasil: Avanços e desafios e a importância da mídia na prevenção das hepatites virais. O encerramento dos eventos será às 16h.
FONTE: SUCOM/PB  http://www.paraiba.com.br/2015/11/19/86635-congresso-internacional-de-hivaids-e-hepatites-virais-realiza-debate-sobre-juventude-e-aids
ALGUMAS FOTOS DOS PARTICIPANTES TIRADAS POR NESTOR LINHARES QUE REPRESENTA A ATX-BA.
VAMOS A LUTA!






terça-feira, 17 de novembro de 2015

ATX-BA:DE NOVO FALTA AZATIOPRINA PARA TRANSPLANTADOS DA BAHIA

DE NOVO ESTÁ FALTANDO AZATIOPRINA 50 MG PARA PACIENTES TRANSPLANTADOS DO HOSPITAL ANA NERY!!!
O ESTADO DA BAHIA PUBLICOU UM DECRETO VISANDO UM AUMENTO NO NÚMERO DE TRANSPLANTES. PARA QUE???
NÃO ADIANTA TRANSPLANTAR E ABANDONAR ESTE É O LEMA DE MILHARES DE TRANSPLANTADOS E ONG NO BRASIL.
Em 21/02/2015 faltou azatioprina de 50 MG.

LEIS:
RECOMENDAÇÃO nº 001/2011 MPE/BA GESAU/CESAU
(Processo SIMP nº 003.0.53070/2011)
Recomendação à Diretoria de Assistência:

Farmacêutica – DASF, da Secretaria Estadual de Saúde, para que implemente estoque de segurança para medicamentos imunossupressores dispensados a pacientes transplantados, evitando-se as constantes soluções de continuidade no fornecimento de tais produtos, dentre outras providências.
RECOMENDA:
À Diretoria de Assistência Farmacêutica – DASF, da Secretaria Estadual de Saúde, que adote todas as medidas necessárias para garantir a efetiva dispensação dos imunossupressores – cuja aquisição seja de sua responsabilidade - aos pacientes transplantados do Estado da Bahia, tais como implementar um estoque de segurança, aplicando-se o padrão máximo de eficiência preconizado pela moderna logística, evitando-se uma nova solução de continuidade, com sérios prejuízos de ordem humana e financeira, já que o Poder Público investe vultosas quantias na realização de transplantes, investimento que pode ser perdido em poucos dias sem a imunossupressão.
Salvador, 02 de dezembro de 2011
ROGÉRIO LUÍS GOMES DE QUEIROZ
Promotor de Justiça
Grupo Especial de Defesa da Saúde Pública
MÁRCIA REGINA RIBEIRO TEIXEIRA
Promotora de Justiça
Coordenadora do CESAU

PORTARIA SAS N.º 221, DE 2 DE ABRIL DE 2002
O Secretário de Assistência à Saúde, no uso de suas atribuições legais, considerando a necessidade de estabelecer Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas – Transplantados Renais, que contenha critérios de diagnóstico e tratamento, observando ética e tecnicamente a prescrição médica, racionalize a dispensação dos medicamentos preconizados para o tratamento, regularmente suas indicações e seus esquemas terapêuticos e estabeleça mecanismos de acompanhamento de uso e de avaliação de resultados, garantindo assim a prescrição segura e eficaz;

ANEXO
Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas Transplantados Renais

DROGAS IMUNOSSUPRESSORAS
Medicamentos: Ciclosporina, Azatioprina, Tacrolimus, Micofenolato Mofetil, Sirolimus, Anticorpo Monoclonal Murino Anti-CD3 (OKT3), Basiliximab, Daclizumab, Globulina Antilinfocitária, Globulina Antimonocitária, Metilprednisolona, Prednisona.

7.1.2 Manutenção
O tratamento de manutenção deve necessariamente seguir uma sequência racional de continuidade em relação à estratégia utilizada na terapia inicial. Modificações dessa terapia inicial podem todavia ser necessárias em função principalmente de ineficácia do regime inicial como regime de manutenção (por exemplo, a ocorrência de rejeição aguda), toxicidade das drogas inicialmente empregadas ou, mais tardiamente, necessidade de uma menor quantidade de imunossupressão. Adicionalmente o surgimento de nefropatia crônica do enxerto pode determinar alterações na terapia imunossupressora (18-24).

De acordo com a Portaria GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.439, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2010 Altera os arts. 3º, 15, 16 e 63 e os Anexos I, II, III, IV e V à Portaria Nº 2.981/GM/MS, de 26 de novembro de 2009.
CAPÍTULO II - DA ORGANIZAÇÃO
Art. 9º Os medicamentos que fazem parte das linhas de cuidado para as doenças contempladas neste Componente estão divididos em três grupos com características, responsabilidades e formas de organização distintas.
Grupo 1 - Medicamentos sob responsabilidade da União
Grupo 2 - Medicamentos sob responsabilidade dos Estados e Distrito Federal
Grupo 3 - Medicamentos sob responsabilidade dos Municípios e Distrito Federal

Art. 49. O Ministério da Saúde, as Secretarias Estaduais de Saúde e o Distrito Federal poderão pactuar a aquisição centralizada dos medicamentos pertencentes ao Grupos 1B (conforme o Anexo I) e Grupo 2 (conforme Anexo II) deste Componente, desde que seja garantido o equilíbrio financeiro entre as esferas de gestão, observando, entre outros, o benefício econômico da centralização frente às condições do mercado e os investimentos estratégicos do governo no desenvolvimento tecnológico e da capacidade produtiva junto aos laboratórios públicos e oficiais.
PEDIMOS AO GESTOR PUBLICO RESPONSÁVEL PELO FORNECIMENTO DESTAS MEDICAÇÕES URGÊNCIA PARA DISPONIBILIZAR OS MEDICAMENTOS QUE ESTÃO FALTANDO, POIS, PODE LEVAR A REJEIÇÃO DO ÓRGÃO TRANSPLANTADO E EM ÚLTIMO CASO A MORTE DO PACIENTE DEPENDENDO DA SITUAÇÃO DO PACIENTE.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

ATX-BA: Propeg vence 37º Prêmios Profissionais do Ano

Do G1, em São Paulo
Foram anunciados na noite desta quarta-feira (28) os vencedores nas categorias nacionais do 37º Prêmio Profissionais do Ano, que premiou os melhores anúncios veiculados na Globo entre abril de 2014 e março de 2015.

Veja os finalistas nas três categorias nacionais e os vencedores em negrito:
Integrantes da agência propeg são premiados na categoria institucional pelo vídeo 'quase' (Foto: Karina Trevizan / G1)Integrantes da agência propeg são premiados na categoria institucional pelo vídeo 'quase' (Foto: Karina Trevizan / G1)
Institucional
- “Analfabetismo”, para Prefeitura Municipal De Belo Horizonte, Perfil 252 (Belo Horizonte)
- “Quase”, para Associação de Pacientes Transplantados Da Bahia, da Propeg (Salvador)
- “Viagem Segura”, para Detran/RS, da Morya (Porto Alegre).
Parabéns a Propeg pelos grandes profissionais e pelo lindo trabalho de criação em prol da "Doação de Órgãos". 
Márcia Chaves.
ATX-BA  
video
Fonte:http://g1.globo.com/economia/midia-e-marketing/noticia/2015/10/vencedores-do-profissionais-do-ano-de-2015-sao-anunciados.html

domingo, 25 de outubro de 2015

ATX-BA em plena campanha para prevenção do câncer de mama

Neste domingo (25/10) a Associação de  Pacientes Transplantados em parceria com a Sesab e o apoio das Mulheres em Ação,  vai proporcionar às mulheres a realização de mamografias no estacionamento da Igreja Universal do Reino de Deus, próximo ao Iguatemi. A ação acontece durante todo o dia, com 140 mamografias disponibilizadas. Mulheres transplantadas também participaram realizando o exame da mamografia.







Dona Ideusa - transplantada depois da mamografia

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

ATX-BA - PRÓXIMO DOMINGO A ATX-BA EM PARCERIA COM A SESAB E APOIO DAS MULHERES EM AÇÃO REALIZA MAMOGRAFIAS.

Saúde

20/10/2015 15:20

Sesab realiza 4.200 mamografias dentro do Outubro Rosa em Salvador

Dentro da programação do Outubro Rosa, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) disponibiliza, até o dia 31, 4.200 mamografias para o rastreamento do câncer de mama em Salvador. Esta semana, mulheres de 50 a 69 anos podem realizar o exame de mamografia no estacionamento do Hospital João Batista Caribé, no Subúrbio Ferroviário, e no Quartel da Polícia Militar do Bonfim, até sexta-feira (23), além da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), no Cabula, até dia 31. Desde segunda (19), estão sendo disponibilizadas 140 mamografias por dia, em cada um desses locais.
No próximo sábado (24), a Sesab, em conjunto com a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM-BA), realiza a mesma ação no Campo da Pronaica, em Cajazeiras, onde também acontece o Cine Rosa, às 18h, dentro das comemorações do Outubro Rosa. As mulheres, dentro da faixa etária preconizada pelo Ministério da Saúde, podem se inscrever pela manhã. Serão realizadas 140 mamografias.

Neste domingo (25), mais uma parceria da Sesab, desta vez com a Associação dos Transplantados do Estado da Bahia, vai proporcionar às mulheres a realização de mamografias no estacionamento da Igreja Universal do Reino de Deus, próximo ao Iguatemi. A ação acontece durante todo o dia, com 140 mamografias disponibilizadas.

Em parceria com a Polícia Militar, a Sesab promove no período de 26 a 30, na Base Comunitária do Nordeste de Amaralina, mais uma ação do Outubro Rosa. Desta vez, serão disponibilizadas 700 mamografias para as mulheres de 50 a 69 anos das comunidades adjacentes. Também no período, a PM promove uma Feira de Saúde e uma caminhada pelo bairro.
Áudio:
FONTE:http://www.secom.ba.gov.br/2015/10/128689/Sesab-realiza-4200-mamografias-dentro-do-Outubro-Rosa-em-Salvador.html

sábado, 17 de outubro de 2015

ATX-BA - BATV - SALVADOR: VOLTA FALTAR CICLOSPORINA PARA TRANSPLANTADOS DA BAHIA

Transplantados renais reclamam de falta de medicamentos na Bahia 

Os remédios são fornecidos pelo Governo do Estado e são necessários para evitar a rejeição do órgão transplantado.

                             

FONTE: http://globotv.globo.com/rede-bahia/batv-salvador/v/transplantados-renais-reclamam-de-falta-de-medicamentos-na-bahia/4543890/




transplantados renais reclamam de falta de medicamentos na Bahia

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

ATX-BA: UTILIDADE PUBLICA: DIREITOS DOS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA.

Câncer de Mama
                 Direitos do Paciente                        
Os portadores de qualquer tipo de câncer gozam de uma série de benefícios assegurados por lei, como saque integral do FGTS, auxílio-doença e isenção de IPVA, entre outros. Conheça-os.
É fundamental conhecer os direitos do paciente com câncer porque eles podem amenizar algumas dificuldades, principalmente do ponto de vista financeiro, já que diversos cuidados essenciais ao longo do tratamento representam uma elevação dos gastos mensais e, consequentemente, uma redução do orçamento familiar.
A seguir, uma lista com a descrição dos principais direitos do cidadão com câncer.

AMPARO ASSISTENCIAL AO IDOSO E AO DEFICIENTE
(LOAS – LEI ORGÂNICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL)

Renda Mensal Vitalícia/Amparo Assistencial ao Deficiente/LOAS – Lei Orgânica de Assistência Social (Lei 8.742/93).
É o benefício que garante um salário-mínimo mensal ao portador de câncer com deficiência física, incapacitado para o trabalho, ou ao idoso com idade mínima de 67 anos que não exerça atividade remunerada. É preciso comprovar a impossibilidade de garantir seu sustento e que sua família também não tem essa condição, bem como que o deficiente físico não está vinculado a nenhum regime de previdência social. É necessário, ainda, fazer um cálculo para verificar se a pessoa se caracteriza como beneficiário desse amparo assistencial. Quando a renda mensal familiar (de todos os familiares residentes no mesmo endereço), dividida pelo número de familiares, for inferior a um quarto (25%) do salário-mínimo, o benefício pode ser pleiteado.

APOSENTADORIA POR INVALIDEZ: de acordo com a Previdência Social, possui direito ao benefício o segurado que for considerado incapaz de trabalhar e não esteja sujeito à reabilitação para o exercício de atividade que lhe garanta o sustento, independentemente de estar recebendo ou não o auxílio-doença. Além de outros casos, o portador de câncer terá direito ao benefício, independentemente do pagamento de 12 contribuições, desde que tenha a qualidade de segurado, isto é, que seja inscrito no Regime Geral de Previdência Social (INSS). Não tem direito à aposentadoria por invalidez quem, ao se filiar à Previdência Social, já tiver doença ou lesão que geraria o benefício, a não ser quando a incapacidade resultar no agravamento da enfermidade.
AUXÍLIO-DOENÇA: têm direito ao benefício mensal os pacientes inscritos no Regime Geral de Previdência Social (INSS), quando ficam temporariamente incapazes para o trabalho, condição que deve ser comprovada por exames realizados pela perícia médica do INSS. O portador de câncer tem direito ao auxílio-doença, desde que fique impossibilitado de trabalhar para seu sustento. No caso do contribuinte individual (empresário, profissionais liberais, trabalhadores por conta própria, entre outros), a Previdência paga todo o período da doença ou do acidente (desde que o trabalhador tenha requerido o benefício).

FGTS: os pacientes com câncer podem sacar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Na fase sintomática da doença, o trabalhador cadastrado no FGTS que tiver neoplasia maligna (câncer) ou que tenha dependente portador de câncer poderá fazer esse saque. O valor recebido será o saldo de todas as contas pertencentes ao trabalhador, inclusive a conta do atual contrato de trabalho. No caso de motivo de incapacidade relacionado ao câncer, persistindo os sintomas da doença, o saque na conta poderá ser efetuado enquanto houver saldo, sempre que forem apresentados os documentos necessários. O paciente pode aproveite para requerer a liberação do PIS/PASEP juntamente com a liberação do FGTS. São basicamente os mesmos documentos e a solicitação é feita na mesma unidade da Caixa Econômica Federal (CEF).

ISENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA NA APOSENTADORIA: os portadores de câncer (neoplasia maligna) estão isentos do Imposto de Renda relativo aos rendimentos de aposentadoria, reforma e pensão, inclusive as complementações (RIR/1999, art. 39, XXXIII; IN/SRF 15, de 2001, art. 5º, XII). Mesmo os rendimentos de aposentadoria ou pensão recebidos acumuladamente não sofrem tributação, ficando isenta a pessoa acometida de câncer que recebeu os referidos rendimentos (Lei 7.713, de 1988, art. 6º, inciso XIV). A isenção do Imposto de Renda aplica-se nos proventos de aposentadoria ou reforma aos portadores de doenças graves, mesmo quando a doença tenha sido identificada após a aposentadoria.

ISENÇÃO DE IMPOSTOS COMO ICMS, IPI E IPVA NA COMPRA DE VEÍCULOS ADAPTADOS: os pacientes com câncer são isentos destes impostos quando apresentarem deficiência física (nos membros superiores ou inferiores), que o impeça de dirigir veículos comuns. Também podem pedir baixa de isenção para o IPVA.

PIS: podem realizar saque do PIS, na Caixa Econômica Federal (CEF), o trabalhador cadastrado que tiver câncer ou pessoas cujo dependente seja portador da doença. O trabalhador receberá o saldo total de quotas e rendimentos.

QUITAÇÃO DO FINANCIAMENTO DA CASA PRÓPRIA: pacientes com invalidez total e permanente por conta do câncer possuem direito à quitação, desde que estejam inaptos para o trabalho e que a doença tenha sido adquirida após a assinatura do contrato de compra do imóvel. Ao pagar as parcelas do imóvel financiado pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), o proprietário também paga um seguro que lhe garante a quitação do imóvel em caso de invalidez ou morte. Em caso de invalidez, o seguro quita o valor correspondente ao que o interessado se comprometeu a pagar por meio do financiamento. A instituição financeira que efetuou o financiamento do imóvel deverá encaminhar os documentos necessários à seguradora responsável pelo seguro. Trata-se de um seguro obrigatório pago juntamente com as parcelas de quitação, na aquisição da casa própria por meio de financiamento vinculado ao SFH, objetivando amenizar ou liquidar o saldo devedor do imóvel financiado nos casos de aposentadoria por invalidez ou morte do mutuário. A quitação do imóvel ocorrerá quando da morte do mutuário ou da aposentadoria por invalidez permanente, decorrentes de qualquer diagnóstico (inclusive câncer), sendo que o início da doença deverá ser posterior à assinatura do contrato para o financiamento.

TRANSPORTE COLETIVO GRATUITO: alguns municípios dão direito à passagem livre nos transportes coletivos. Para maiores informações acesse o site do: Inca. Você pode também conhecer mais sobre os direitos do paciente no site do Hospital A C Camargo.

Fonte
Direitos Sociais da Pessoa com Câncer www.inca.gov.br. Consultado em 06 de outubro de 2014.
Disponível em http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/orientacoes/site/home/direitos_sociais_cancer




quinta-feira, 8 de outubro de 2015

ATX-BA- Propeg anuncia falecimento de órgãos.

Propeg anuncia falecimento de órgãos
Postado em 6 de outubro de 2015 por  Redação 


Na Semana Nacional de Doação de Órgãos, a Propeg criou uma série de anúncios, veiculada na sessão de obituários de alguns jornais, que destacava a morte de milhares de órgãos sadios que não foram doados para pacientes que necessitavam de um transplante.

Com o conceito “Doar órgãos, não deixe este ato morrer”, a campanha é assinada pela ATX-BA – Associação de Pacientes Transplantados da Bahia.

Veja:




FONTE: http://www.inteligemcia.com.br/158693/2015/10/06/propeg-anuncia-falecimento-de-orgaos/